Autor: semeiaprojetos

Educador(a) de Expressão Corporal

Tipo: Vaga Efetiva
Local de atuação: Mogi Guaçu/SP
Regime de trabalho: CLT
Formato de trabalho: Presencial

RESPONSABILIDADES E ATRIBUIÇÕES
Aqui você irá, resumidamente:
• Executar oficinas de expressão corporal com crianças
• Elaborar planejamento e relatórios
• Aplicar avaliações de desempenho
• Participar de reuniões e capacitações internas
• Produzir apresentações e números artísticos com as crianças
• Trabalhar de forma integrada com os demais educadores e equipe de gestão

REQUISITOS E QUALIFICAÇÕES
O que esperamos de você:
• Boa comunicação oral e escrita;
• Domínio intermediário pacote Office (principalmente Word, Excel e Power Point);
• Experiência com público infantil
• Experiência no campo da arte educação
• Conhecimento do universo da dança e do teatro (estilos de dança, postura, expressão
corporal, exercícios teatrais, processo criativo)
• Ter um perfil proativo, aberto a colaboração, olhar sistêmico e atitude direcionada à
solução.
INFORMAÇÕES ADICIONAIS
Algumas informações importantes:
Carga horária: 30 horas semanais (das 9h às 15h)
Benefícios adicionais: Vale alimentação, vale transporte, seguro de vida em grupo, vale cultura.

Educador(a) de Música

Tipo: Vaga Efetiva
Local de atuação: Mogi Guaçu/SP
Regime de trabalho: CLT
Formato de trabalho: Presencial

RESPONSABILIDADES E ATRIBUIÇÕES
• Aqui você irá, resumidamente:
• Executar oficinas de musicalização com crianças
• Elaborar planejamento e relatórios
• Aplicar avaliações de desempenho
• Participar de reuniões e capacitações internas
• Produzir apresentações e números artísticos com as crianças
• Trabalhar de forma integrada com os demais educadores e equipe de gestão

REQUISITOS E QUALIFICAÇÕES
O que esperamos de você:
• Boa comunicação oral e escrita;
• Domínio intermediário pacote Office (principalmente Word, Excel e Power Point);
• Experiência com público infantil
• Experiência no campo da arte educação
• Conhecimento do universo musical (teoria musical, apreciação musical e prática
instrumental)
• Ter um perfil proativo, aberto a colaboração, olhar sistêmico e atitude direcionada à
solução.
INFORMAÇÕES ADICIONAIS
Algumas informações importantes:
Carga horária: 30 horas semanais (das 9h às 15h)
Benefícios adicionais: Vale alimentação, vale transporte, seguro de vida em grupo, vale cultura.

ICA é uma das 100 Melhores ONGs de 2023

O Prêmio Melhores ONGs anuncia as 100 organizações brasileiras do terceiro setor vencedoras em 2023. Na lista, que já está disponível no site premiomelhores.org, é possível conhecer o nome das organizações reconhecidas por suas boas práticas em quesitos como governança, transparência, comunicação e financiamento. Essa é a sétima edição do Prêmio, realizado pelo Instituto O Mundo que Queremos (IOMQQ) e pelo Instituto Doar, com o patrocínio da Ambev VOA e apoio do Instituto Humanize, Prosas e Toyota do Brasil.
 
O ICA está na lista das 100 pela terceira vez. “Estar entre as melhores organizações do Brasil nos dá a certeza de que estamos trilhando o caminho certo. Temos conselheiros, diretores e um time engajado, que se dedicam diariamente a oferecer o melhor atendimento e estrutura para nosso público, gerando oportunidades efetivas de desenvolvimento humano”, reforça Tarcísia Mônica Mazon Granucci, fundadora do ICA.

Os números do ICA demonstram a grandeza do trabalho realizado. Desde a fundação, em 1997, o ICA já atendeu mais de 7 mil crianças, adolescentes e jovens em seus programas institucionais, além de promover de forma sistemática ações de fortalecimento comunitário que já impactaram mais de 400 mil pessoas.
 
O prêmio Melhores ONGs é considerado o OSCAR do 3º setor. A sétima edição recebeu mais de 800 inscrições, reforçando sua força.
“Quando criamos o Melhores, nosso objetivo era incentivar a cultura de doação no Brasil. Com o passar dos anos, virou algo maior que isso. Hoje, já temos a certeza de que estar na lista das melhores pode mudar a história de uma organização”, afirma Cássia Christe, diretora do IOMQQ. “O Melhores ONGs reconhece as organizações empenhadas em fazer o bem de todas as formas, para todos os públicos, em todas as causas. Quando você ouve a palavra ‘ONG’, já entende que tem ali um grupo de pessoas que criou alguma associação sem fins lucrativos para o bem comum. Isso é a beleza da sociedade trabalhando para resolver os problemas”, completa Alexandre Mansur, diretor de projetos do IOMQQ.
 
Os destaques nas categorias especiais serão conhecidos durante a cerimônia oficial de premiação, prevista para acontecer em dezembro de 2023. Além das 100 melhores, serão premiadas as melhores ONGs por estado, causa, as dez melhores de pequeno porte, a melhor entre elas e a Melhor ONG do ano. “É um evento consolidado, mas a cada ano gostamos de trazer surpresas. Este ano, na cerimônia ao vivo, vamos trazer uma grande novidade”, antecipa Marcelo Estraviz, diretor do Instituto Doar.

Café de Páscoa do ICA: Celebrando a Alegria da Páscoa! 🐰🥚

Descrição: No domingo, dia 31 de março, O ICA realizará o seu café da manhã com as famílias atendidas em comemoração à Páscoa, Neste dia, o time ICA trabalhará de forma voluntária para proporcionar um momento de alegria e confraternização para todos.

Aproveitamos para convidar todos que desejam contribuir para nossa campanha de Páscoa e ajudar a proporcionar uma doce Páscoa para centenas de crianças e adolescentes.

Seja um doador e faça a diferença neste momento especial!

Data: 31/03/2024 às 09h00

Local: ICA, Avenida Brasília Nº: 350

Venha se juntar a nós para celebrar a Páscoa e compartilhar momentos de alegria e união com as famílias que atendemos. Esperamos por você! ❤️🥚🎶

Campanha de arrecadação de Nota Fiscal Paulista do ICA tem ações ampliadas a partir de agosto

A sua nota fiscal TEM O PODER DE TRANSFORMAR a vida de crianças, adolescentes e jovens

Você sabia que cada compra que você faz gera créditos no programa Nota Fiscal Paulista? Esses créditos podem parecer insignificantes para você, mas para o ICA, eles fazem toda a diferença. Agora, imagine o impacto positivo que você pode causar, ajudando o ICA sem gastar um centavo a mais!

A campanha “Poder de Transformar”, tem como objetivo conectar pessoas engajadas na causa das crianças e adolescentes. Ao doar sua Nota Fiscal Paulista, você estará contribuindo para a manutenção das atividades do ICA, que atualmente têm um impacto significativo na vida de centenas de jovens, promovendo arte e formação de valores humanos.

Você pode participar dessa iniciativa de três maneiras diferentes:

  1. Pelo site NFP: Acesse www.nfp.fazenda.sp.gov.br, faça login em sua conta e escolha a opção “Doação de Cupons com CPF”. Ao selecionar o ICA como beneficiário, todas as suas compras serão automaticamente revertidas em créditos para apoiar nossa causa. É rápido, fácil e fará toda a diferença!
  2. Pelo APP NFP: Baixe o aplicativo Nota Fiscal Paulista em seu smartphone, faça login em sua conta e escolha o ICA como a instituição a ser beneficiada nas opções de doação. Dessa forma, todas as suas compras registradas com CPF serão convertidas em créditos para o ICA, fortalecendo nosso trabalho.
  3. Pelo WhatsApp do ICA: Se você preferir uma abordagem mais direta, entre em contato conosco pelo número 19 99357-6784 e saiba como realizar sua doação pelo WhatsApp. Estaremos disponíveis para fornecer todas as informações necessárias e auxiliá-lo(a) nesse processo de doação fácil e prático.
  4. Se você tiver um estabelecimento comercial, pode ser nosso parceiro para colocação de urnas de arrecadação. Nossa equipe fará a retirada semanal dos cupons arrecadados.

A campanha estará em vigor por tempo indeterminado. Cada pequeno gesto de doação contribui para que continuemos a promover um futuro transformador para nossas crianças e adolescentes.

II Seminário de Representatividade LGBTQIAPN+ marca espaço de diálogo em Mogi Mirim

Na tarde do sábado dia 17 de junho, o ICA realizou em sua sede, na cidade de Mogi Mirim, o II Seminário de Representatividade LGBTQIAPN+, com a mediação dos professores Brunno Mendozza e Christhopher Dekay. Estiveram presentes também representantes dos coletivos:

  1. Mães pela Diversidade de Campinas
  2. Escritório do Orgulho LGBTQIAPN+ e Ambulatório LGBTQIAPN+ de Espírito Santo do Pinhal
  3. Coletivo Juntas de Itapira
  4. Associação da Diversidade – ADLIM de Limeira
  5. Associação e Grupo Voo de Liberdade de Mogi Guaçu
  6. Associação Liberty de Mogi Mirim
  7. Associação & Grupo 4 estações e Rede Mogiana LGBT de São João da Boa Vista

Durante todo o evento foram apresentadas as iniciativas em suas respectivas cidades e compartilhadas experiências de profissionais que lidam diretamente com a defesa e garantia de direitos da comunidade LGBTQIAPN+. O evento foi encerrado com a exposição do advogado Sérgio Eduardo Salvino Quintiliano, que apresentou “A importância dos direitos da população LGBTQIAPN+”. A fala trouxe para os participantes um panorama histórico das conquistas da comunidade, desde os Princípios de Yogyakarta, movimento surgido em 2006 na Indonésia, até determinações como a Lei Brasileira 14.282 de 2022, que possibilita a alteração de nome aos maiores de 18 anos, por meio de procedimento administrativo direto, no registro civil de pessoas naturais.

É claro que o assunto remonta há muito tempo antes, mas como exposto por Quintiliano, “começa aí na Indonésia uma reunião de estudiosos, filósofos, pessoas envolvidas com os movimentos políticos e que estão inseridos no cenário político na época, e começam a pensar o LGBT como sujeito de direito realmente. Não é mais apenas um movimento ali para fazer um barulho, para incomodar a sociedade, como era tido antes disso.”

Esse movimento reivindica que a comunidade LGBTQIAPN+ tenha seus direitos garantidos em legislação internacional, inspirando países a adequarem suas leis, mesmo que não seja um documento obrigatório.

“E a coisa que você fica mais abismado quando lê os princípios de Yogyakarta é o fato de contemplarem o Direito à Felicidade, porque nós somos a população que mais morre e nós somos a população que mais sofre com depressão,” observou Quintiliano.

O tom do evento reforçou a importância do diálogo entre os diferentes setores da sociedade para garantir que os direitos conquistados pela comunidade sejam respeitados, e, acima de tudo, a empatia seja exercitada em todos os espaços. O ICA reconhece que tem um papel importante na abordagem de temas que fazem parte da complexa gama de garantia de direitos, uma vez que está a serviço da sociedade e tem como missão acolher, inspirar e incluir crianças, adolescentes, jovens, suas famílias e a comunidade.

Questionado sobre como as organizações sociais podem contribuir com a causa, Quintiliano apontou que “os movimentos políticos e educacionais são instrumentos que devem ser utilizados para o combate a essa violação de direitos. A iniciativa do ICA, por exemplo, em abrir espaço para um seminário com temática voltada exclusivamente à comunidade LGBTQIA+ é um exemplo de combate e de que a sociedade local precisa se inteirar acerca da diversidade”.

Carlos Batata, da Mães pela Diversidade, apontou a necessidade de enxergarmos as pessoas da comunidade além dos estereótipos: “A gente tem que despertar esse amor que tem que ter pelas pessoas. Independentemente. Porque não é só sexo. Não é só identidade de gênero. Não é só isso, ninguém é só isso. Por que o transgênero seria só isso? A gente é muito mais.”

Renata Furtado Mantovani, hoje como parte da ONG Mães pela Diversidade, compartilhou a história de sua família antes de conhecer a ONG, e os desafios que enfrentou para aprender e respeitar as escolhas dos filhos.

“Porque eu precisava de apoio e quando eu as encontrei, já rapidinho me abraçaram e me chamaram. Então hoje eu posso falar que eu sou uma mãe fora do armário. E é isso que as famílias precisam fazer. Nós, pais, mães, precisamos sair do armário. Nós precisamos mostrar o nosso amor para os nossos filhos. Nós não temos que ficar preocupados com o que o fulano vai falar se o meu filho é gay. O fulano não tem nada com isso. Então esse é o nosso papel: abraçar as famílias.”

Inspirado pela realização do Seminário, o CRAS da zona sul, localizado no Jardim Planalto, realizará uma roda de conversa sobre a temática LGBTQIAPN+ com a população do território. Assim como vários outros movimentos que aconteceram ao longo do mês de junho. Esse tipo de repercussão é um resultado positivo do evento e evidencia a força das organizações e movimentos sociais no debate do assunto.  

E o nosso desejo é que essa temática continue sendo pauta para a sociedade, até que se torne tão comum quanto a discussão de outros direitos.

Núcleo Integra 

O evento faz parte do calendário de atividades do Núcleo Integra, sistematizado no Projeto Político Pedagógico Social do ICA que tem entre seus objetivos:

Ser casa de movimentos sociais que ainda não estão organizados legalmente ou judicialmente, mas que são forças de mobilização social para um melhor desenvolvimento.

Ser um espaço espontâneo, de expressões culturais, sociais, educacionais, esportivas e ou de socialização da sociedade em seu espaço.

Glayson Cintra retorna ao ICA com espetáculo para o Quintal Cultural

O ICA tem o prazer de anunciar mais uma edição do Quintal Cultural, iniciativa que há duas décadas traz para o palco do ICA a diversidade da arte, atuando de forma democrática como um corredor cultural, levando arte e cultura gratuitamente para Mogi Mirim e incentivando a formação de plateia! Na edição de junho, o palco será ocupado pelo espetáculo “Negro não nego”, dirigido por Glayson Cintra, um talento local que já passou pelas fileiras do ICA como educando e profissional.

Após uma intensa temporada no Paraná, Glayson volta a Mogi Mirim para exibir de forma inédita o espetáculo “Negro Não Nego”, trazendo à cena o tema da negritude. O espetáculo já atingiu 3.900 espectadores em 6 cidades visitadas no Paraná. O espetáculo busca empoderar, conscientizar e resistir ao racismo estrutural, trazendo à tona questões como o colorismo e os desafios enfrentados pelas pessoas negras na sociedade atual. A peça traz referências dos ancestrais africanos até a cultura vibrante da sociedade brasileira, proporcionando uma reflexão profunda sobre nossa identidade cultural e as lutas por igualdade.

Aproveitamos a passagem do Glayson pela cidade para inaugurar nossa série “Histórias de Sucesso”, trazendo entrevistas com pessoas que já passaram pela história do ICA. Ele contou um pouco sobre como sua passagem pelo ICA como educando e como educador influenciou sua carreira profissional no cenário artístico.

O Quintal Cultural terá entrada gratuita, mediante retirada de ingressos na sede do ICA, em horário comercial de segunda a sexta-feira. Em um gesto solidário, pedimos a contribuição voluntária de 1 kg de alimento, que será doado para as famílias atendidas pela instituição.

Data: 29/06/2023
Horário: 19h30
Local: Sede do ICA – Avenida Brasília, 350 – Loteamento Nova Mogi
Entrada: Gratuita

ICA Run alia incentivo ao esporte e propósito social

A ICA Run 2023 reuniu mais de 470 pessoas, entre caminhantes e corredores, na manhã do domingo, 04 de junho, na sede da organização localizada na Avenida Brasília, em Mogi Mirim. Antes da largada para os percursos de 5 e 10 quilômetros, o evento contou com aquecimento conduzido por profissionais da instituição, ao som de House Music com JAM DJ. Somando o desafio encarado por todos os participantes, 2.435 quilômetros foram percorridos para apoiar a causa da Criança e do Adolescente.

O objetivo da ICA Run é mobilizar recursos para as ações cotidianas do ICA, ou seja, viabilizar custos da instituição que nem sempre são financiados pelos projetos desenvolvidos em parceria com recursos público-privado. A primeira edição, realizada em dezembro de 2022, também tinha como objetivo celebrar os 25 anos da fundação do ICA. Neste ano, o resultado é de mais de R$ 51 mil, os quais serão destinados para custear a fase final da obra no ponto externo de atendimento ICA Planalto, onde o ICA atende 40 famílias atualmente.

A partir de 2023 a intenção é continuar engajando a comunidade na causa da criança e do adolescente, promover hábitos saudáveis e fortalecer a marca da corrida no circuito regional, ao alcançar mais cidades e pessoas que ainda não conhecem o trabalho realizado em Mogi Mirim e Mogi Guaçu.

Com assessoria esportiva de Mel Macedo, a segunda edição da corrida e caminhada em prol da causa ICA, recebeu inscrições de 22 cidades, dos estados de São Paulo e Minas Gerais. Entre os inscritos, foram representadas 45 equipes de corrida, principais disseminadores do evento entre os corredores competitivos.

Para a retirada do kit atleta, os participantes foram convidados a doar alimentos, e, ao final da corrida, foram arrecadados mais 209 kg de alimentos não perecíveis, os quais serão destinados para as famílias em maior vulnerabilidade entre os educandos atendidos pelo ICA. Hoje o ICA registra a necessidade de apoiar mensalmente ao menos 13 famílias em risco alimentar, por isso o cuidado em arrecadar alimentos em todos os eventos realizados, sejam eles esportivos ou culturais.

Participaram da montagem e organização profissionais do ICA, da empresa de eventos esportivos Superação, plataforma escolhida para as inscrições das 2 edições, além de mais 24 voluntários que apoiaram ao longo do percurso, animando e direcionando os participantes.

Em breve anunciaremos a data da 3ª edição. Acompanhe o ICA nas redes sociais para ficar por dentro dos próximos eventos.

Inscreva-se na Newsletter

    Copyright 2023 © Instituição ICA Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Semeia Propaganda